Monday, 10 August 2015

DFB-POKAL 2015: Uma Amarga Estréia!


O último jogo oficial entre St. Pauli e Borussia Mönchengladbach foi na temporada 12/02/11 pela Bundesliga, quando ganhamos por 3 a 1 jogando em casa. E claro que isso encheu de expectativa, porém dessa vez a coisa foi diferente.

Está bem visível a evolução do St. Pauli desta temporada em comparação as temporadas anteriores. Mesmo tendo feito apenas três jogos na temporada até o momento, o time demonstra muito mais confiança e segurança, além de ter melhorado o toque de bola e a parte ofensiva.  Claro que ainda tem muito trabalho a ser feito e muitos erros a serem corrigidos.  O principal erro a ser corrigido é a reação do time após levar um gol, é quando o time se desliga do jogo e se complica.


 Hoje, o jogo começou muito bem com ambos os times se respeitando, mas buscando o gol, era um aqui lá e um ataque aqui. O primeiro lance de mais perigo do St. Pauli aconteceu aos 9 minutos do primeiro tempo em uma bela jogada de Choi pela direita que cruzou e Thy desviou a bola com muito perigo passando ao lado da trave.

O time se manteve muito bem no primeiro tempo sempre jogando de igual para igual contra o Mönchengladbach e conseguiu sair na frente do marcador. Aos 33 minutos, Marc Rzatkowski acertou um lindo chute da entrada da área, e o time manteve essa pegada até o final do primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo, parecia que o jogo teria o mesmo ritimo do primeiro tempo, mas só parecia mesmo. Logo aos 5 minutos o time começou a se retrancou e abdicou do ataque. E o castigo veio rápido, em um ataque adversário nossa defesa estava mal postada e viu Stindl empatar o jogo. O time sentiu o gol e se desligou do jogo, menos de dois minutos após levar o empate, veio à virada num belo gol de Traoré.



Curiosamente após levar o segundo gol, nosso time resolveu ir pra cima e voltou a jogar bem, porém, a má fase de Sobota fez a diferença! Enquanto Thy e Choi apenas brigavam contra a marcação, pois ele novamente esteve mais que sumido em campo e deixou a responsabilidade de armar o jogo com Maier, Nehrig e Buballa. O trio até que conseguiu levar perigo em alguns momentos do jogo, mas nenhum deles tem a mesma qualidade técnica do Sobota. Quando Lienen tirou Maier para colocar o Verhoek, obrigou-o a entrar no jogo, mas não conseguiu. Se ele não esteve bem, o mesmo não pode se dizer de Verhoek, que entrou muito bem e quase conseguiu o segundo gol pro time.

Mais infelizmente faltou força para o time conseguir buscar o empate e a virada, o Mönchengladbach conseguiu fazer o terceiro e o quarto, e ai, desanimou de vez o time. O St. Pauli está eliminado da DFB-POKAL 2015, agora voltará a jogar no dia 16/08/2015 (as 08h30min no Millerntor) contra o Spvgg Greuther Fürth em partida válida pela terceira rodada da 2ª Bundesliga.

ESCALAÇÕES:

St. Pauli: Himmelmann, Nehrig, Ziereis, Gonther, Buballa, Rzatkowski, Alushi, Choi (Litka), Sobota, Maier (Verhoek) e Thy – Tec. E. Lienen

B. Mönchengladbach: Sommer, Jantschke, Christensen, Schulz, Wendt, Traoré (Herrmann), Stindl, Xhaka (Dahoud), Johnson, Raffael e Drmic (Hazard) – Tec. L. Favre

Árbitro: Florian Meyer
Assistentes: C. Bornhorst e S. Lupp
Quarto árbitro: R. Rohde

Público: 28.175







 Imagens: Reprodução do Site Oficial - FC St. Pauli

No comments:

Post a Comment