Sunday, 1 February 2015

Viva con Agua - Projeto comemora 10 anos de existência

10 anos atrás, na volta de um amistoso em Cuba, Benjamin Adrion voltou com um desejo na bagagem. Permitir que crianças de escolas infantis em Havana, pudessem beber água potável. 1 ano depois, ele fundou o Viva con Agua.

Esse primeiro projeto em Havana, foram instalados 153 bebedouros em escolas infantis e esportivas e cerca de 10.000 pessoas foram beneficiadas com o projeto.

Reprodução - Viva con Agua


O projeto já esteve em vários lugares do mundo, com projetos que promoveram o acesso a água potável. Para alguns, pode parecer uma besteira, mas para muitos isso significou uma nova visão de mundo e a possibilidade de ter uma vida melhor. 

Nos tempos que estamos atravessando, com esse recurso natural tão importante sendo ameaçado, cuidar para que todas as pessoas tenham acesso a água potável é uma iniciativa de coragem para poucos.

Nós já publicamos uma matéria sobre o projeto, com o título Vocês conhecem o projeto Viva con Agua? e também publicamos uma entrevista com o criador do projeto, o ex-jogador do St. Pauli, Benjamin Adrion.

Eles já estiveram em lugares como Cuba, Etiópia, Benin, Uganda, Madagascar, India, Nicarágua, Tajiquistão. É um trabalho de formiguinha, mas como as formigas eles nunca param e assim conseguem levar um pouco de dignidade para esses locais onde poucos se preocupam em ajudar.

Enquanto alguns estadistas que se dizem salvadores da pátria se preocupam com o próprio umbigo e com o dinheiro que eles podem ter, outros se juntam aqueles que com pouco querem ajudar de fato as pessoas que necessitam. A Welthungerhilfe em parceria com o FC St. Pauli e as doações é que tornam possíveis esses gestos de humanidade promovidos pelo Viva con Agua.

São coisas assim que ainda permitem que se acredite na humanidade.


Sites:


1 comment:

  1. É um dos projetos mais bonitos e importantes que tive a chance de conhecer, uma iniciativa que impacta muita gente e dá uma nova oportunidade para quem por ele é atingido. iniciativas como essas precisam ser fortalecidas, e como não podia ser diferente o clube e pessoas ligadas a ele ajudam e muito.

    ReplyDelete