Wednesday, 18 February 2015

FC St. Pauli perde para o Fürth

O FC St. Pauli, recebeu em casa o SpVgg Greuther Fürth pela 21ª rodada da 2.Bundesliga e em casa. Mas o que era pra ser uma festa acabou com a tristeza da derrota com placar de 1:0 para o Fürth.
Os 2 times buscavam os 3. O Fürth precisava ganhar para se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento e o St. Pauli precisava ganhar para começar a subir na tabela, se tivesse ganho estaria na 16ª posição. O time escolhido por Lienen foi o mesmo da partida contra o Sandhousen na semana anterior.

Reprodução: Witters - FC St. Pauli

Lienen até quis dar uma forcinha - Reprodução: Witters - FC St. Pauli

Os grandes momentos da noite foram o gol perdido de Daube, talvez a única chance real de gol do time em todo o jogo; o pênalti estranhamente anulado, porque a bola claramente bateu no braço do jogador do Fürth, porém o assistente do Sr Martin Petersen disse que não foi pênalti; mais uma chance perdida no segundo tempo, com uma cabeçada de Rzatkowski que não entrou, mas essa não estava tão fácil quanto a chance de Daube; e finalmente as 2 grandes defesas, num mesmo lance, feitas por Himmelmann. Eu ainda prefiro Tschauni, apesar de saber que Himmelmann é um grande goleiro também.

E então, que o único gol da noite, veio aos 27’, feito por Przybylko.

Não chora Rzati, na próxima vocês conseguem - Reprodução: Witters - FC St. Pauli

A atmosfera no estádio, do início ao fim era de festa e de empolgação por parte da torcida. A festa estava linda, mas a noite estava mais com cara de comédia pastelão por conta desses inconvenientes que aconteceram. O time encontra-se em uma situação bastante complicada, perdeu uma grande chance, pois vários times que estavam acima na tabela também não tiveram uma boa noite, ou seja, ele poderia ter saltado para a 16ª posição, o que poderia garantir uma situação melhor nos próximos jogos.

A projeção foi feita pelo pessoal do Viva con Agua - Reprodução: Witters - FC St. Pauli

Reprodução: Thorsten Baering - Tirada da página do Fabian Boll

Ainda não quero ser fatalista como muitos já estão sendo, ao ponto de dizer que só um milagre salva o time. Temos pela frente 13 rodadas, as chances de sair ainda são possíveis, mas a cada partida as coisas vão ficando menos folgadas. Seria importante garantir pontos que colocassem o time fora da zona do rebaixamento ainda nesse início, mas tá difícil de sair.
A próxima partida será contra o TSV 1860 München, no sábado dia 21/02. E o time tem que começar a buscar de forma mais efetiva os pontos para sair dessa situação o quanto antes.



Ficha Técnica da Partida

FC St. Pauli
Himmelmann – Schachten, Sobiech, Gonther, Halstenberg – Koch, Daube (69. Nöthe) – Sobota, Rzatkowski, Thy (87. Maier) – Verhoek (78. Budimir)
Treinador: Ewald Lienen

SpVgg Greuther Fürth
Hesl – Korscmar, Röcker, Thesker, Schröck – Wurtz (90. Phlip), Caligiuri, Fürstner, Przybylko – Freis (81. Gießelmann), Zulj (86. Sukalo)
Treinador: Frank Kramer

Gols: 0:1 Przybylko (27.)
Cartões Amarelos:  Koch, Sobiech / Sukalo (als Auswechselspieler)
Árbitro: Martin Petersen (Bremen)
Zuschauer: 22.383



Imagens - Reprodução

Witters - Site Oficial FC St. Pauli

Thorsten Baering www.baering.de


1 comment:

  1. A situação esta cada vez mais critica realmente, já estava antes da parada do final do ano e essa derrota dentro de casa deixa as coisas ainda mais complicadas. mas penso da mesma maneira, ainda há condições e possibilidades o time esta sendo ainda reorganizada e é preciso acreditar sempre.

    ReplyDelete