Tuesday, 11 November 2014

Stefan Orth está furioso

O presidente que sempre se absteve de comentários sobre o desempenho do time, está extremamente insatisfeito. Disse que esse é um desempenho indigno do St. Pauli.



Hoje é aniversário dele de 48 anos e se ele pudesse desejar algo, disse que desejaria  um time mais agressivo em campo e mais forte nos duelos.  Com mais vontade de vencer, principalmente em casa e na frente dos fãs.

O mandato de Orth termina nesse domingo e um novo presidente irá assumir. Ele deixará o clube com saldos positivos em sua administração, um excelente trabalho nas bases, um estádio praticamente terminado com capacidade para quase 30.000 pessoas, um centro de formação de ponta e com as contas positivas e asseguradas por mais alguns anos. Porém com o time na corda bamba.

Dois homens agora estão com a responsabilidade de reerguer o time: Thomas Meggle, o 5º técnico da gestão de Orth (Holger Stanislawski, André Schubert, Michael Frontzeck e Roland Vrabec), e o diretor de esportes Rachid Azzouzi, que foi quem montou o time atual...


*Maleporcamente traduzido do Bild*

1 comment:

  1. O sentimento é esse mesmo, o clube fora de campo vai bem, mas o elenco parece que não seguiu os bons passos do clube e esta um abaixo do que o clube precisa. espero que com a mudança de direção um novo folego seja dado e o clube possa começar a se recuperar dentro de campo.

    ReplyDelete