Tuesday, 26 November 2013

Walter Frosch

No final de semana, um grande jogador do St. Pauli morreu em consequência de uma longa batalha contra o câncer, aos 62 anos.



Como não tem muito tempo que conheço o St. Pauli confesso que não conhecia nada sobre ele a não ser o nome, por isso fui pesquisar um pouco. Então fica aqui esse texto, pra quem não o conhecia, assim como eu (com exceção de alguns veteranos fãs, aposto que a grande maioria).

Walter Frosch jogou no St. Pauli entre 1976 – 1982 na defesa. Na temporada de 1976/1977, o time conseguiu a promoção para a Bundesliga devido a uma série de 27 jogos sem derrota, tendo Frosch como um dos grandes responsáveis por esse feito.

Mas um dos maiores feitos de Frosch foi o recorde de cartões amarelos recebidos durante a temporada de 1976/77 o que rendeu algumas suspensões seguidas. Nos registros dizem que ele recebeu 27 cartões amarelos, mas descobriu-se depois que esse número estava errado, que na verdade ele havia recebido entre 18 e 19 cartões. Na verdade é algo que não se sabe ao certo, alguns dizem que disseram que ele recebeu 27 pela confusão com a idade do jogador, que na época, era de 27 anos.

Antes de ir para o St. Pauli, Walter Frosch jogou no Arminis Ludwigshafen até 1970, depois no SV Alsenborn de 1970 a 1974, no FC Kaiserslautern de 1974 a 1976 e terminou sua carreira no Altona 93, time que integrou logo após a sua saída do FC St. Pauli e jogou entre 1982 e 1985.

 
Depois que parou de jogar se dedicou a vida de restauranteur e em 1996 descobriu um câncer com a qual travou uma batalha até o último sábado. A 3 semanas, após uma parada cardíaca, Frosch vivia em estado vegetativo até descansar finalmente no dia 23/11/2013, poucas semanas antes de completar 63 anos.
 


Apesar da breve menção e conhecimento, com essas poucas linhas que pude ler, entendi o quão importante Walter Frosch foi para o time. Grandes feitos são inesquecíveis e Frosch marcou sua página na história do clube. Vá em paz! You’ll Never Walk Alone.

No comments:

Post a Comment