Thursday, 16 April 2009

"O St.Pauli é mais autêntico que o futebol inglês."



Dearlove Melvin vive em Londres e quando era mais jovem, foi treinador de seu time preferido, o Liverpool. Porém a progressiva comercialização da Premier League do futebol inglês levou-o a afastar-se do futebol inglês. A 4 anos ele vêm a Alemanha para assistir a jogos de futebol. Mais especificamente do FC St.Pauli.

Na entrevista ele fala sobre o vigor do time e sobre a economia que faz assistindo aos jogos na Alemanha.


Mr.Dearlove, você mora em Benfleet, próximo a Londres, mais precisamente próximo aos locais onde acontecem os jogos da Premier League, porém você e seu filho sempre vão a Alemanha para assistir aos jogos de um time de segunda divisão que é o St.Pauli. Por que?

Estamos em Hamburgo sempre que possível. O St.Pauli é mais vivo, mais excitante e mais autêntico que o futebol inglês. As festas no Millerntor são fantásticas e na Inglaterra você não pode festejar. Na Alemanha você pode beber cerveja e fumar na arquibancada - na Inglaterra você tem que sentar e tudo o que é divertido ao assistir um jogo é proibido. E os pubs se venderam, só pensam em dinheiro. De qualquer forma, vir assistir ao St.Pauli jogar é mais barato do que assistir a um jogo do Arsenal.

Explique.

Para ir ao jogo do Arsenal eu pago por volta de 60 euros por um ingresso. Para ir ao jogo do St.Pauli eu pago menos de 10 euros pelo ingresso, 20 euros pela passagem de avião e mais 40 euros pela pernoite. Me divirto 2 dias pelo mesmo preço. Isso é um dos motivos pela qual eu não sou o único torcedor com uma camiseta marrom e branca no avião.

De fato, a mídia inglesa tem noticiado que cada vez mais os torcedores têm deixado de ir aos jogos da Premier League para assistir aos jogos da Bundesliga.

E não há nada que se possa fazer contra isso. Isso acontece mesmo na Liga dos Campeões, que é a melhor liga do futebol mundial. Mas os clubes se distanciaram dos seus torcedores. Mas com os times na Alemanha, eles conseguem que a gente ainda se sinta parte da festa. Claro que com a comercialização da Bundesliga isso diminuiu um pouco, mas não é como na Inglaterra. Já faz 1 ano e meio que não vou a um jogo da Premier League, o clima é entediante pra mim. A 4 anos eu venho a St.Pauli - é um dos clubes mais conhecidos na Inglaterra. Eu sou viciado pelo St.Pauli.

O que você mais gosta no time?

Você vem e se sente bem vindo. Você sente livre em todos os jogos. Os torcedores são anti-racistas, anti-sexistas, eles são de esquerda como eu - nada há nada igual na Inglaterra. No Millerntor eles cantam "You'll Never walk Alone" quando o time perde. Como fazíamos antigamente, quando um jogador ainda não ganhava 70.000 libras por semana.

O que você faz quando não pode vir a Hamburgo?

Eu tenho muitos amigos que também não têm condições de assistir aos jogos de seus clubes favoritos. Então nos encontramos em algum pub para assistir futebol - e também aos jogos do St.Pauli.

A Premier League faz parte da sua história pessoal.

Sim, eu trabalhei 20 anos para o Liverpool. Foi meu time favorito desde a infância. Mas como os americanos o compraram, estava na cara que o time havia perdido a sua alma. Hoje eu trabalho como treinador no Drittligisten Southend United.

Matéria de Mathias Wolf

Fonte: FAZ.NET (Frankfurter Allgemeine)
13/04/2009

1 comment:

  1. Fantastisch was du da machst Lou!!!!! Danke für alles.... Cheers Marko

    ReplyDelete